5 motivos para desenvolver o pensamento crítico na escola

O pensamento crítico é uma das habilidades essenciais para as crianças que vão crescer no século 21. Por isso, veja neste artigo os principais motivos para trabalhá-lo na sua escola.

O pensamento crítico é uma das habilidades essenciais para as crianças que vão crescer no século 21. Por isso, veja neste artigo os principais motivos para trabalhá-lo na sua escola.

Você já pode conferir aqui no blog do Dom Bosco como desenvolver o pensamento crítico dos alunos desde cedo, mas quais são os principais motivos para a sua escola trabalhar essa habilidade durante as atividades? É isso que você verá neste artigo!

Como desenvolver o pensamento crítico em seus alunos

Desenvolver o pensamento crítico na sua escola colabora para o crescimento de indivíduos que pensam de forma independente e convivem com consciência e responsabilidade na sociedade. Durante a vida escolar, as crianças e os jovens também aprendem sobre moral e ética, além das teorias das disciplinas. 

De forma autônoma, os alunos que desenvolvem o pensamento crítico logo na primeira infância, levando-o para a vida adulta, tornam-se pessoas capazes de avaliar as experiências ao seu redor de forma crítica, como o próprio nome indica, e também responsável. 

Para chegar a uma conclusão sobre qualquer questão, as pessoas devem argumentar, questionar e refletir, então é nisso que o pensamento crítico desenvolvido vai auxiliar! Esses três pontos de avaliação não acontecem de forma impulsiva e não consideram apenas um ponto de vista, pois pensar criticamente requer observações e referências diversas para embasar uma opinião.

Quer saber quais são os principais motivos para desenvolver o pensamento crítico na sua escola? Então, acompanhe o texto!

Estimula o foco e a disciplina

Com o estímulo do pensamento crítico desde cedo na escola, as crianças e os adolescentes desenvolvem capacidades emocionais e socioemocionais, essenciais durante o processo de crescimento. Pensar de forma crítica ajuda na organização dos pensamentos e também a tirar conclusões sobre si mesmo, sobre os outros indivíduos e sobre as situações do dia a dia.

Na escola, as atividades devem instigar os alunos a avaliar e observar o que está acontecendo ao redor antes de tirar conclusões precipitadas. Além disso, o pensamento crítico ajuda a manter o foco nos objetivos e colabora na construção da disciplina, uma característica essencial para toda a vida. 

Trabalha a criatividade

Quando os alunos da sua escola são estimulados a organizar as ideias, como comentamos no tópico acima, consequentemente criarão novos cenários, farão escolhas mentalmente, pensarão nas hipóteses e realizarão outras ações que trabalham a parte cognitiva deles. Dessa forma, as crianças terão uma imaginação ativa desde cedo, desenvolvendo a criatividade, que é uma habilidade muito importante para diversos aspectos escolares e profissionais.

Na escola, seus alunos podem desenvolver o pensamento crítico durante atividades com pinturas e desenhos, por exemplo. Se forem realizadas em grupo, melhor ainda! Assim, as crianças desenvolvem a capacidade de encontrar soluções, compartilhar opiniões e aprender com o outro. Essas práticas artísticas também são essenciais para organizar as ideias e as emoções, como veremos no tópico a seguir.

Desenvolve a inteligência emocional

O pensamento crítico trabalhado na escola também ajuda no desenvolvimento da inteligência emocional, outra habilidade essencial para o século 21. Ela é a capacidade de reconhecer e nomear as próprias emoções e também as dos outros. Mas qual é a relação da inteligência emocional com o pensamento crítico? 

O desenvolvimento do pensamento crítico ajuda justamente na identificação dos próprios sentimentos e dos outros também. Para entender o que sentem, as crianças devem analisar a situação e entender o que as deixou com aquele sentimento, além de começar a compreender as emoções e atitudes das outras pessoas também.

Ajuda nas escolhas do futuro

Com o estímulo do pensamento crítico desde cedo, os alunos da sua escola serão capazes de pensar de forma racional, de refletir sobre as próprias atitudes e de decidir em que querem acreditar. O bom desenvolvimento do pensamento crítico é essencial para as escolhas que as crianças e os jovens farão em relação à profissão e à política, por exemplo, e outras decisões pessoais. 

Na hora de decidirem algo, os seus alunos, como pensadores críticos, conseguem tirar conclusões e entender o que é importante e o que não é. Além disso, poderão analisar o que os cerca, agindo para construir uma sociedade melhor e sempre buscar ajudar o próximo.

Cria boas relações interpessoais

O pensamento crítico também ajuda seus alunos a criar boas relações interpessoais, tanto na fase escolar quanto no futuro. Isso porque as crianças e os jovens vão refletir sobre as próprias crenças e valores e compreender as dos outros desde cedo, além de criar empatia e de ajudar a solucionar problemas de forma prática e coerente, já que serão capazes de perceber a lógica e a coerência entre ideias.

Trabalhar e desenvolver o pensamento crítico na escola ajudará os seus alunos a compreender a própria mente e o que o rodeia, além de estimular o desenvolvimento de outras habilidades importantes para o convívio social e a tomada de decisões. 

Acompanhe o blog do Dom Bosco e confira outros artigos sobre o desenvolvimento de habilidades e competências na sua escola.

Qual a importância de desenvolver a autonomia das crianças na escola?

4 formas de inserir a interdisciplinaridade na sua escola

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO DOM BOSCO

Este website não coleta dados de menores de 12 anos.

agreedAge*
Verify recaptcha to submit form

Ao enviar os dados acima, eu concordo em receber e-mails e mensagens através do WhatsApp do Dom Bosco e outras marcas Pearson. Ver política de privacidade. Ver Política de Privacidade.