Por que é importante a sua escola estabelecer uma boa relação com os pais?

A boa relação entre pais e escola é fundamental para o desenvolvimento do aprendizado das crianças e adolescentes. Por isso, as instituições precisam se esforçar para desenvolver esse vínculo.

A boa relação entre pais e escola é fundamental para o desenvolvimento do aprendizado das crianças e adolescentes. Por isso, as instituições precisam se esforçar para desenvolver esse vínculo. 

A boa relação entre a família e a escola é muito importante para o bom desempenho dos estudantes. Além disso, esse relacionamento é fundamental para reforçar a imagem e o trabalho da instituição de ensino.

Por isso, a instituição deve desenvolver estratégias para  incentivar esse vínculo. Neste post, vamos te explicar por que é importante estabelecer uma relação boa com os pais. Confira!

Relação de confiança com a escola

Ao matricular o filho em uma escola, os pais estão confiando no trabalho da instituição de modo geral e em todos os setores, uma vez que a alfabetização e o desenvolvimento intelectual acontecem lá, é naquele ambiente que ele passará muitas horas do dia e iniciará sua descoberta do mundo.

Por isso, ela precisa estar preparada não apenas com um corpo docente qualificado, mas também com demais colaboradores capacitados e atentos com a segurança e com o desenvolvimento dos alunos.

Quando esse acompanhamento é feito de maneira cuidadosa, os pais dos estudantes sentem que aquele é um local seguro para os filhos frequentarem, gerando um sentimento de conforto e confiança na instituição.

Essa sensação deve ser respeitada e reforçada pela escola, pois quando há uma quebra na relação entre os responsáveis pelas crianças e a instituição, dificilmente os pais irão confiar novamente.

Escola completa

Ainda em relação ao item anterior, sobre a imagem de ambiente escolar confiável que se constrói a partir da proximidade com os pais, a instituição pode ainda desenvolver um projeto mais detalhado, com estratégias que os responsáveis podem adotar com os filhos em casa para aumentar o rendimento deles e estreitar as relações entre eles e a equipe pedagógica. Com isso, a escola passa a ser mais completa e demonstra preocupação com seus estudantes e responsáveis.

Benefício para o aluno

A boa relação entre pais e mestres se reflete também no desempenho e no processo de aprendizagem de cada um. Isso acontece pois a equipe pedagógica, ao estar em contato frequente com os tutores dos seus alunos, pode solicitar que eles participem mais ativamente da rotina escolar da criança, principalmente no ambiente domiciliar.

A família pode ajudar a monitorar possíveis problemas e dificuldades que os filhos tenham ao tentarem assimilar os conteúdos, por exemplo, e reportar isso para ao corpo pedagógico, para que seja desenvolvida uma nova estratégia para aquele determinado estudante.

Além disso, dentro de casa, os pais podem orientar os filhos sobre a importância de se dedicar aos estudos e de respeitar as figuras dos professores, funcionários e colegas de classe, fazendo com que o estudante compreenda melhor o papel que precisa desempenhar e se comporte adequadamente durante o período em que está na escola.

Relação mais humana

No mundo em que vivemos hoje em dia, onde as relações virtuais entre as pessoas ganham cada vez mais espaço, o contato físico entre corpo docente, coordenadores e pais de alunos diferencia o modo em que se consome o serviço oferecido pelas escolas. 

Quando os pais estão presentes no cotidiano da escola e, por sua vez, também são incentivados a participarem da rotina de aprendizado de seus filhos, a sua escola também sai ganhando, uma vez que constroem uma relação de parceria que busca um objetivo único, que é a educação das crianças. 

Como fazer essa aproximação com os pais?

A escola deve adotar algumas medidas para aumentar o contato com os pais e criar um vínculo mais concreto com eles. A relação de confiança entre eles passa também pelas informações que a instituição transmite aos tutores em relação às educação dos filhos. 

Por isso, capriche nesses encontros com eles, para que o educador repasse o desempenho do aluno em sala de aula a eles e não se esqueça de reunir os trabalhos, as atividades e todas as criações dos alunos para mostrar à família.

Outra dica é promover encontros e atividades na instituição que contem com a presença da família. É legal elaborar exposições de trabalhos e feiras de ciências, por exemplo, para que os responsáveis possam estar dentro do espaço da escola e conhecer mais sobre os trabalhos dos filhos. 

Invista também em um canal nas redes sociais que seja produzido por alunos e professores, para que sejam postados conteúdos do dia a dia da escola, atividades e gerando uma relação mais amistosa com os responsáveis dos alunos.

Para finalizar, outra maneira de incentivar a participação dos pais na comunidade escolar é abrir espaço para palestras e discussões sobre questões importantes para a educação das crianças e adolescentes e diversos outros temas que são relevantes tanto para os pais quanto para a escola.

Como podemos perceber, a relação entre escola e pais é muito importante para o desenvolvimento dos estudantes, por isso deve ser estimulada sempre e feita com planejamento, para que todos saiam beneficiados desse vínculo.

No blog do Dom Bosco, você encontra muito mais conteúdos sobre escola, pais e alunos. Ficou curioso? Clique nos links abaixo e confira.

A importância de uma boa comunicação entre a equipe escolar

4 dicas para desenvolver a autonomia das crianças na escola

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO DOM BOSCO

Este website não coleta dados de menores de 12 anos.

agreedAge*
Verify recaptcha to submit form

Ao enviar os dados acima, eu concordo em receber e-mails e mensagens através do WhatsApp do Dom Bosco e outras marcas Pearson. Ver política de privacidade. Ver Política de Privacidade.