Por que adotar a interdisciplinaridade na sua escola?

A interdisciplinaridade está ganhando cada vez mais espaço no ambiente escolar. Neste texto, você vai conferir o porquê de implementá-la também em sua escola!

A interdisciplinaridade está ganhando cada vez mais espaço no ambiente escolar. Neste texto, você vai conferir o porquê de implementá-la também em sua escola!

Apesar de já não ser novidade, a interdisciplinaridade aparece no cenário educacional como uma proposta cada vez mais aceita e até bastante desejada pelas instituições de ensino. Isso porque as escolas entendem que o conhecimento é um processo amplo, contínuo e que não deve ser fragmentado. Afinal, a física, a matemática, a geografia, a história, a literatura, a música e tantos outros assuntos já se integram naturalmente em várias situações do dia a dia, não é mesmo? 

Por isso, pensando neste assunto, vamos apresentar algumas razões pelas quais adotar a interdisciplinaridade na sua escola é importante para o desenvolvimento dos alunos e o seu melhor desempenho na escola, na carreira e na vida. Acompanhe e descubra agora mesmo!

Aprendizado que se completa

O conceito de interdisciplinaridade está intimamente ligado à associação de duas ou mais disciplinas para a geração de conhecimento. Ou seja, os conteúdos, fragmentados em diferentes frentes e campos de estudo, precisam ser reunidos de forma organizada para o aprendizado.

Por isso, neste caso, o projeto pedagógico da escola deverá ser desenvolvido para interligar os assuntos das várias matérias, tornando o aprendizado mais unitário e até mais lógico para os estudantes. Outra opção bastante interessante é optar pelo uso de materiais didáticos que já sejam interdisciplinares. Assim, fica ainda mais fácil organizar as atividades e entrelaçar os vários assuntos que devem ser abordados ao longo do ano letivo.

Novas visões de mundo

Quando percebem que os assuntos das disciplinas estão ligados entre si, as crianças acabam inferindo relações sobre diferentes assuntos de forma crítica. Assim, dilatam sua visão de mundo e aprendem a vincular conteúdos, atravessando as supostas fronteiras entre áreas do conhecimento. Para os alunos, essa abordagem educacional é também mais completa e interativa, tornando o aprendizado mais interessante e estimulante.

Espaço para novas atividades

A abordagem interdisciplinar abre espaço para as ideias e também para novas atividades que podem ser oferecidas aos alunos. Afinal, as escolas podem ampliar a grade de disciplinas e adicionar ao currículo práticas que estimulem ainda mais a interação entre as matérias, por exemplo, deixando os estudantes ainda mais à vontade com esse tipo de abordagem.

Atividades artísticas, oficinas, feiras de ciências e aulas de culinária e de teatro, além de contribuírem com a abordagem interdisciplinar, são opções para as escolas oferecem aos seus alunos. Assim, os estudantes podem descobrir novas possibilidades e aperfeiçoar habilidades e competências.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho está cada vez mais exigente e multiconectado. E isso faz com que as escolas também precisem se adequar a esse novo padrão de profissionais, incentivando a aquisição de novas competências. 

Hoje, já vemos algumas tendências, como o desenvolvimento das habilidades socioemocionais, o bilinguismo e a formação de profissionais mais flexíveis, por exemplo. Nesse sentido, a adoção da interdisciplinaridade ainda na escola ajuda a formar cidadãos multifacetados e inovadores, que dialogam entre duas ou mais áreas do conhecimento e vão além do exercício básico de suas atividades e funções.

Mais interação entre aluno e escola

Para que a abordagem interdisciplinar seja aplicada de forma efetiva nas escolas, é preciso que haja uma compreensão da equipe pedagógica sobre os conceitos que envolvem essa proposta. Nesse sentido, os professores, os coordenadores e os diretores precisam se capacitar para trabalhar com a interdisciplinaridade.

Afinal, fazer essa ligação entre as disciplinas nem sempre é um trabalho simples. Pelo contrário, é necessário um planejamento bem detalhado, com a maneira como isso será implementado no dia a dia da instituição.

Além disso, os mantenedores das instituições devem investir em melhorias na estrutura da escola. É importante disponibilizar recursos digitais nas salas de aulas, por exemplo, já que a interação entre as disciplinas pode ser feita de modo interativo, lúdico e digital. A partir desse recurso, os professores podem passar a usar materiais dispostos em plataformas de ensino, inclusive virtuais, para agregar mais conhecimento às suas explicações e contextualizações.

A interdisciplinaridade pode, ainda, facilitar a compreensão dos conteúdos passados em sala de aula, além de ser essencial quando a escola deseja oferecer o serviço de ensino bilíngue aos seus alunos, por exemplo. Por essas razões, donos de escolas e seus mantenedores devem considerar adotar essa abordagem em suas instituições, para melhorá-las ainda mais! 

Quer saber mais? Então, não perca as novidades do blog do Dom Bosco! Acesse e fique sempre por dentro.

A importância de uma boa comunicação entre a equipe escolar

Por que ensinar Libras às crianças na escola?

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO DOM BOSCO

Este website não coleta dados de menores de 12 anos.

agreedAge*
Verify recaptcha to submit form

Ao enviar os dados acima, eu concordo em receber e-mails e mensagens através do WhatsApp do Dom Bosco e outras marcas Pearson. Ver política de privacidade. Ver Política de Privacidade.