Os benefícios de abordar valores e princípios na escola

Os valores e princípios nos acompanham por toda a vida e o contato com eles desde a infância é fundamental na formação de cidadãos conscientes!

Os valores e princípios nos acompanham por toda a vida e o contato com eles desde a infância é fundamental na formação de cidadãos conscientes!

A escola é um ambiente de formação total dos estudantes. Dentro das salas de aula o aprendizado deve ir além do intelectual, e as escolas podem e devem se preocupar também com a construção de um caráter de cidadão consciente das questões sociais, da vida em comunidade e de seus próprios sentimentos. 

Essa conscientização é feita através das abordagens de valores e de princípios, e neste texto veremos os benefícios da abordagem desse tópico nos anos iniciais da escola para a formação das crianças. Confira!

O que são valores e princípios?

Para iniciar a discussão sobre o tema, vamos explicar o que são valores e princípios. O primeiro termo está associado às regras sobre atitudes ou normas que guiam o comportamento das pessoas em um meio social ou individual, baseadas na ideia de bom e mau, certo e errado. Os princípios têm significado semelhante e podem ser definidos como os padrões de conduta seguidos por uma pessoa ao longo de sua vida.

Respeito ao próximo

Entre os muitos benefícios que os alunos dos anos iniciais da escola podem levar para suas formações, um deles é aprender a respeitar o próximo e as coisas dos outros. Essa questão pode parecer óbvia, mas é muito importante que a escola fale abertamente sobre isso. O respeito pode aparecer de diferentes formas, desde adotar atitudes simples, como ouvir o que um colega tem a falar sem interrompê-lo, até coisas mais complexas, como não destratar outra pessoa por ela ser diferente. 

Esses são exemplos de atitudes comuns dentro de uma escola e que, se não forem abordadas pelos docentes e pedagogos, as crianças podem se tornar cidadãos rudes e incapazes de respeitar os demais indivíduos.

Cidadãos mais empáticos

Ainda no quesito da convivência humana, a empatia pode ser desenvolvida e trabalhada ainda na infância. O termo tão falado hoje em dia se refere à capacidade de uma pessoa de se colocar no lugar de outra pessoa, compreendendo as dores, aflições e emoções do outro. Quando há empatia, a criança consegue ser mais crítica e perceber que o respeito é fundamental nas relações interpessoais. 

Em um pensamento a longo prazo, a empatia desenvolve sentimentos capazes de combater questões enraizadas há tempos na sociedade, como o preconceito racial e o machismo. Uma vez que as crianças aprendam a se colocarem no lugar do outro, compreenderão o tamanho desses problemas sociais.

Ensina a trabalhar em grupo

Em uma sociedade dinâmica, em que as pessoas se conectam facilmente umas com as outras e os trabalhos estão cada vez mais interligados, é fundamental que elas saibam trabalhar em conjunto. Na escola, os alunos podem aprender sobre a importância do trabalho em grupo e compreender que, em muitos casos, é difícil se alcançar um objetivo de forma individual, seja ele profissional, seja pessoal, e que cada pessoa tem uma função essencial dentro do grupo.

Dentro da sala de aula, isso pode ser desenvolvido com ações diárias, como manter a sala arrumada, fazer com que os colegas se ajudem durante as atividades, promover trabalhos em grupo etc. Esse valor de saber trabalhar de forma conjunta, aliás, é uma das habilidades que o mercado de trabalho valoriza bastante. Por isso, quando é desenvolvido logo na infância, também ajuda a formar profissionais mais capacitados para o mercado.

Forma crianças responsáveis

A responsabilidade é um princípio fundamental que todos devem ter e que pode ser abordado desde os anos iniciais nas escolas. Assim, as crianças terão contato, desde cedo, com a ideia do que é ser responsável e assumirão, aos poucos, a autoria de seus atos.

Esse princípio é visto como um dos mais fundamentais na formação de um cidadão, uma vez que é preciso aprender a ter consciência de seus atos e responder pelas condutas certas e erradas que todos nós temos ao longo da vida. 

Como abordar os valores e princípios na escola?

Os professores podem trazer essa discussão para a sala de aula utilizando ações do dia a dia das crianças e da escola, e questionando os alunos sobre quais as atitudes corretas a se tomar em determinada situação, ou o que poderia ser feito para se resolver um problema. 

Essa abertura com os estudantes dá a eles mais liberdade para se expressarem, se exporem e desenvolverem outras habilidades, como o pensamento crítico e os valores e princípios citados anteriormente.

Como vimos, a escola tem um papel importante na formação cidadã de seus alunos, portanto é interessante adotar esses tipos de abordagens desde os anos iniciais do ensino das crianças. Assim, elas se tornarão jovens mais conscientes e adultos mais responsáveis.

Quer conhecer mais sobre o blog do Dom Bosco? Acesse e confira!

A importância de uma boa comunicação entre a equipe escolar

Por que ensinar Libras às crianças na escola?

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO DOM BOSCO

Este website não coleta dados de menores de 12 anos.

agreedAge*
Verify recaptcha to submit form

Ao enviar os dados acima, eu concordo em receber e-mails e mensagens através do WhatsApp do Dom Bosco e outras marcas Pearson. Ver política de privacidade. Ver Política de Privacidade.