Como melhorar a relação entre irmãos

Como melhorar a relação entre irmãos

Reunimos dicas de como construir laços saudáveis entre seus filhos. Confira!

A amizade entre irmãos pode durar a vida toda, sendo benéfica para toda a família. Por vezes, até surge uma briga ou outra, não é mesmo? Mas nada que os pais não possam contornar, ensinando como evitar as confusões e, principalmente, resolver essas situações. Por isso, é fundamental ensinar as crianças a se respeitarem e a conversarem entre si. Quer algumas dicas de como fazer isso com os seus filhos? Confira a seguir!

Dê atenção

Tratar os filhos de maneiras desiguais pode gerar ciúmes e rivalidade.  Não use um filho como exemplo para o outro, assim você não gera nem sentimentos de inferioridade nem de superioridade. Fique atento para não ter esse tipo de atitude! 

Incentive brincadeiras conjuntas

Organize brincadeiras e jogos em que todos os irmãos possam participar e interagir, independentemente da idade. Assim, eles se divertem juntos e fortalecem os laços de amizade.

Ensine a respeitar as posses

A invasão de espaço e a apropriação de objetos particulares costumam ser motivos de atritos entre irmãos. Ensinar a dividir não é uma tarefa fácil! Por isso, os pais devem estipular limites ou incentivá-los a chegar a uma solução juntos. Ensine que eles devem respeitar o que é do outro e, caso queiram algo emprestado, reforce que devem pedir permissão, sempre falando “por favor” e “obrigado”. Dessa forma, eles irão compreender que dividir é uma atitude positiva para todos.

Estimule as demonstrações de afeto

Fazer com que os irmãos demonstrem afeto por meio de palavras ou atitudes ajuda a fazer com que se sintam amados e protegidos. Essas atitudes têm uma contribuição significativa para o fortalecimento da relação de carinho entre eles. 

Distribua as tarefas igualmente 

Respeite a capacidade de cada criança e distribua as tarefas da casa de forma justa entre os irmãos. Por exemplo, as crianças mais novas talvez não possam executar as mesmas tarefas das mais velhas. Porém, é legal que elas realizem essas tarefas ao mesmo tempo para perceberem que todos estão se ajudando. Outra dica é tornar o momento de realizar uma tarefa algo divertido em família, não uma obrigação que até os pais acham chato cumprir. Lembre-se de que o pai e a mãe são os primeiros e mais próximos exemplos para os filhos!

Ensine a pedir desculpas

É fundamental ensinar as crianças a superar os conflitos com os irmão e em qualquer outro tipo de relacionamento. Incentive-os a pedir desculpas e a perdoar o outro quando acontecerem os desentendimentos.

Limite sem ofender

Em alguns momentos, os pais precisarão chamar a atenção dos filhos por causa de brigas e estabelecer limites. Nessas horas, não faça comparações nem censure as crianças com adjetivos negativos, que possam afetar a sua autoestima. Pergunte como seria a sensação se estivesse no lugar do irmão ou da irmã. Dessa forma, é possível despertar a empatia e a compreensão do ponto de vista dos outros.

Mostre soluções 

Conversando com os seus filhos, cheguem juntos a acordos e criem combinados de forma coletiva. É interessante explicar conceitos como ética e respeito, e não só aplicar punições pelo mau comportamento. Se for o caso, crie ou deixe que as crianças criem regras para as consequências dos desentendimentos.

Lembre-se de que as relações dos pais servem como modelo para as crianças. Então ensine com as próprias atitudes Dessa forma, eles também irão aprender a solucionar os próprios conflitos. 

Veja outros posts que podem ajudar na relação com os seus filhos no nosso blog: 

Seu filho faz muitas perguntas? Veja o que fazer!

Como lidar com crianças agressivas? 

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO DOM BOSCO