Como falar sobre educação financeira com os seus alunos?

A educação financeira é um tema importante de ser ensinado para as crianças desde cedo. Um consumo consciente é o ideal para o futuro. Saiba como falar sobre o assunto com seus alunos!

A educação financeira é um tema importante de ser ensinado para as crianças desde cedo. Um consumo consciente é o ideal para o futuro. Saiba como falar sobre o assunto com seus alunos!

O dinheiro está presente na vida de todas as pessoas, até mesmo no dia a dia das crianças; e falar sobre educação financeira com os pequenos, durante o começo do aprendizado na escola, é fundamental! Precisamos do dinheiro para comprar tudo o que consumimos no cotidiano e assim acontece com seus alunos também. 

Para que as crianças tenham uma relação tranquila com as finanças e esse assunto seja compreendido desde cedo, a sua escola pode aplicar a educação financeira durante as aulas de forma simples, leve e até mesmo divertida. Acompanhe o texto e confira algumas dicas de como falar sobre educação financeira com os seus alunos!

Atividades práticas

Os educadores da sua escola podem dar exemplos práticos de como usar o dinheiro no dia a dia em momentos específicos, como na aula de matemática. Atividades rotineiras, como ir ao supermercado ou ao shopping, podem ser ótimas oportunidades para as crianças entenderem como as finanças funcionam na prática e a importância de economizar. 

Os exemplos de economia podem ser demonstrados em descontos ou em pesquisas de comparação de preços de produtos, sempre apresentados com uma linguagem adequada à idade dos seus alunos. 

Jogos com tema financeiro

Um tipo de atividade que vai divertir as crianças, além de ensinar sobre finanças, são jogos como Banco Imobiliário e Jogo da Vida. Seus alunos vão adorar esses momentos, sem dúvidas! Essa prática é muito importante, já que momentos lúdicos e brincadeiras estão fortemente relacionados ao processo de ensino infantil.

Contação de histórias

A primeira dica de como falar sobre educação financeira com seus alunos é, literalmente, falando com os pequenos ao contar fábulas e histórias infantis! Os clássicos ajudam a introduzir o assunto na vida de cada um dos estudantes por meio da leitura guiada pelos professores e pela discussão, organizada após o término da história. 

As fábulas sempre têm a “moral da história”, por isso essa é uma atividade que fará os alunos entenderem a relação de compra e venda, por exemplo. É importante que esse momento seja leve, que estimule a imaginação das crianças, que tenha um vocabulário simples e que esteja relacionado ao cotidiano, sempre adaptando a atividade à faixa etária de cada uma delas, claro! 

Distribuição de guloseimas

Os educadores da sua escola também podem organizar uma atividade deliciosa e que as crianças vão adorar! Eles podem preparar sacolinhas com doces diversos, como chocolates, biscoitos, entre outros, de forma que sejam distribuídos na mesma quantidade. Quando prontas, é só distribuir para os pequenos, mas ressaltando que elas não podem comer nenhuma guloseima antes de realizar a atividade que vamos explicar a seguir!

Cada um dos alunos deve falar o que vai fazer com os docinhos que ganhou, fazendo perguntas, como “quem vai guardar os doces para um momento especial?” ou “quem vai comer mais doces primeiro?”. Após as respostas das crianças, recolha os saquinhos e explique de forma clara a vantagem de cada uma das ações que foram expostas. 

Por exemplo, quem não comeu no momento em que recebeu os doces, poderá comer mais no recreio, o horário mais adequado para isso, e quem comeu tudo de uma vez, pode passar vontade depois. É um ótimo exercício para explicar a importância de economizar e relacioná-la ao dinheiro.

Cofrinhos personalizados

Agora que os seus alunos entenderam a importância de poupar dinheiro, é o momento de mostrar que eles devem ter um local para guardar as suas economias. Para isso, é possível unir reciclagem e arte! Utilize papel colorido, caixas, potes de produtos ou garrafas pet, além de material para colagem e pintura. 

Com esses materiais, peça para as crianças montarem seus próprios cofrinhos, um lugar para colocar o dinheiro. Enquanto o fazem, é importante que os educadores reforcem a importância de economizar e que tirem as dúvidas delas. 

Deu para perceber que é possível falar de educação financeira e ensinar os seus alunos sobre esse assunto com práticas divertidas e que prenderão a atenção dos pequenos? Dessa forma, fica mais fácil ensinar conceitos que serão aprendidos e usados por toda a vida das crianças. Ensinar a usar o dinheiro de forma prática desde cedo auxilia na formação de jovens e adultos mais conscientes quando forem consumidores e tiverem as próprias economias.

Os benefícios de abordar valores e princípios na escola

Por que ensinar o letramento digital para as crianças na escola?

 

 

 

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO DOM BOSCO

Este website não coleta dados de menores de 12 anos.

agreedAge*
Verify recaptcha to submit form

Ao enviar os dados acima, eu concordo em receber e-mails e mensagens através do WhatsApp do Dom Bosco e outras marcas Pearson. Ver política de privacidade. Ver Política de Privacidade.