As vantagens da proposta sociointeracionista para seus alunos

O sociointeracionismo é um ótimo caminho a ser seguido nas propostas pedagógicas da escola. Entenda abaixo como essa concepção funciona e quais são os seus benefícios!

O sociointeracionismo é um ótimo caminho a ser seguido nas propostas pedagógicas da escola. Entenda abaixo como essa concepção funciona e quais são os seus benefícios!

Você já ouviu falar na proposta sociointeracionista para a educação e quais são as vantagens da sua escola adotá-la? O sociointeracionismo é uma concepção que prioriza a análise dos reflexos do mundo exterior no interior dos indivíduos, por meio da interação deles com a realidade. Ou seja, trata da dimensão sociocultural do estudante, valorizando o contexto histórico, social e cultural em que está inserido. 

Essa proposta valoriza as atividades em grupo, a linguagem e o relacionamento interpessoal, partindo do pressuposto de que o desenvolvimento histórico acontece do social para o individual. O modelo pedagógico desenvolvido pelo psicólogo Lev Semyonovich Vygotsky, no começo do século XX, mostrou que o professor tem a missão de promover os avanços dos alunos, explorando a zona de desenvolvimento proximal. 

O ensino com a proposta sociointeracionista começou a ser mais aplicado na década de 1970. Na época foi iniciado um movimento com um ponto de vista diferente do que já existia nas escolas tradicionais, no qual o aluno era o ponto central do processo de aprendizagem. Sendo assim, o sociointeracionismo de Vygotsky, que aborda a teoria do desenvolvimento e da aprendizagem, começou a ser adotado pelas instituições. 

Vygotsky buscava reformular a psicologia com uma abordagem voltada para entender as relações entre os indivíduos, as suas funções psicológicas e o seu contexto social. Dessa forma, os alunos não só fazem parte da aprendizagem, mas também aprendem com o que está sendo produzido pelos outros no meio em que vivem. Quer saber mais sobre sociointeracionismo na educação e as vantagens dessa proposta na sua escola? Acompanhe o texto!

O que é sociointeracionismo? 

A proposta sociointeracionista ressalta a importância da interação do sujeito com o meio em que vive. Nessa teoria, o sujeito é aquele que forma o conhecimento através da interação com outras pessoas, durante o processo histórico, cultural e social pelo qual passa em sua vida. Por isso, a aplicação do sociointeracionismo é importante desde cedo, já que o ponto inicial do conhecimento que é levado para a vida surge na infância. 

Para Vigotsky, as pessoas só adquirem cultura e linguagem, além de se desenvolverem historicamente e de estimularem o raciocínio, se estiverem inseridas em meios sociais com outras pessoas. Dessa forma, uma das vantagens da proposta sociointeracionista nas escolas é o incentivo à interação e à participação com outros alunos, além do aprendizado com os professores, e não apenas pelo conteúdo da disciplina que é passado em sala de aula.

O psicólogo que desenvolveu o sociointeracionismo nota o desenvolvimento infantil em três aspectos: instrumental, cultural e histórico. Vigotsky ressalta as interações entre as pessoas e os instrumentos criados por elas mesmas para terem uma relação com o conhecimento. 

Quais são os valores trabalhados na proposta sociointeracionista? 

O sociointeracionismo trabalha em sala de aula valores como o respeito pela bagagem histórica do aluno, além de incentivar a criança a se manifestar, a participar e a ser ativa no seu meio social. Dessa forma, é possível fazer com que seus valores sejam respeitados. 

A proposta sociointeracionista pode ser trabalhada na sua escola desde a educação infantil até o ensino médio, desde que haja educadores permitindo que essa abordagem esteja presente na instituição. A aprendizagem é beneficiada por essa proposta, já que, se a instituição de ensino, seguir esse pensamento, há mais interação social, que favorece e facilita o processo de aquisição do conhecimento dos seus alunos. 

A sua escola deve oferecer uma experiência de aprendizagem que estimule a colaboração e a troca de pontos de vista, sempre com o intuito de um ensinar ao outro, além de ter atenção à zona de desenvolvimento proximal, propondo atividades coerentes com os níveis de desenvolvimento real e potencial dos alunos que as realizarão. 

Como identificar a proposta sociointeracionista?

Nas salas de aula da sua escola, será possível perceber o sociointeracionismo pela postura do professor, que deve ser um mediador ativo no processo de ensino-aprendizagem, e não apenas um detentor do conhecimento. Também é possível notá-lo pelo aluno que tem a oportunidade de trocar experiências, mostrar as suas histórias e é motivado a participar de forma ativa da busca pelo conhecimento. 

O professor é a pessoa que conduz a criança ao aprendizado, além de incentivar a curiosidade e a vontade de aprender de seus alunos.  Se a sua escola segue a proposta sociointeracionista, os estudantes adquirirem o conhecimento ao identificar, brincar, fazer analogias, negociar, codificar e decodificar símbolos e significados. Muitas descobertas que acontecem em um ambiente social valorizam a construção do aprendizado e da própria sabedoria. 

Conhecendo um pouco mais sobre a proposta sociointeracionista, já dá para perceber o quão vantajosa ela é para o desenvolvimento e o aprendizado dos alunos da sua escola, não é mesmo? Busque adotar o sociointeracionismo desde os anos iniciais e veja bons resultados no futuro! 

Acompanhe o blog do Dom Bosco e veja outros conteúdos com dicas para a escola:

A importância de uma boa comunicação entre a equipe escolar

Qual a importância do psicólogo escolar?

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO DOM BOSCO

Este website não coleta dados de menores de 12 anos.

agreedAge*
Verify recaptcha to submit form

Ao enviar os dados acima, eu concordo em receber e-mails e mensagens através do WhatsApp do Dom Bosco e outras marcas Pearson. Ver política de privacidade. Ver Política de Privacidade.