4 habilidades que o Dom Bosco trabalha com os alunos durante o ensino médio

Muitas características são desenvolvidas no Dom Bosco, e no texto a seguir, você vai conhecer mais sobre algumas delas. Confira!

Muitas características são desenvolvidas no Dom Bosco, e no texto a seguir, você vai conhecer mais sobre algumas delas. Confira!

O período escolar é fundamental na vida de qualquer pessoa. Afinal, é nesse momento que há o desenvolvimento intelectual e de habilidades importantes que vão além do conhecimento conceitual das disciplinas. 

Nesse sentido, o Dom Bosco se destaca pelo incentivo ao aprimoramento de algumas dessas características. No texto de hoje, vamos conhecer quatro delas, que são abordadas, especialmente, no ensino médio. Acompanhe!

Qual é o papel dos professores de uma escola com o sistema Dom Bosco?

1 - Sociointeracionismo

Uma das bases do material didático e da abordagem das escolas Dom Bosco é a aplicação do conceito sociointeracionista. Por meio da metodologia, os estudantes são estimulados a interagir com o meio em que vivem e com aqueles que estão à sua volta.

Nesse caso, valoriza-se também as experiências de vida dos alunos até então, de forma que cada conhecimento contribui com o crescimento intelectual e social de cada um. Além disso, essa troca entre os colegas de classe é fundamental para que eles se coloquem em uma posição de ajuda mútua.

Despertar essa sensação nos adolescentes gera resultados positivos, tanto nas questões relacionadas ao desempenho escolar e à aprovação em vestibulares quanto no ganho pessoal, já que eles aprendem a conviver com as diferenças e a valorizar cada aprendizado obtido, e se sentem capazes de ajudar o próximo.

2 - Aluno como aprendiz

Os alunos do ensino médio das instituições Dom Bosco são os personagens principais do processo de aprendizado, uma vez que eles são colocados em uma posição de destaque na busca pelo conhecimento.

Os professores, no entanto, atuam como tutores, se colocando à disposição para ajudar os estudantes, dando o caminho correto para o estudo e estimulando o desenvolvimento da capacidade de serem mais autônomos.

Ocupando o posto de aprendiz, os jovens tendem a valorizar ainda mais toda a caminhada feita nos anos de ensino fundamental e médio, até alcançar uma vaga nas principais universidades do país. Essa mudança no pensamento pode resultar num melhor desempenho acadêmico, bem como ajudar a moldar as novas gerações para que elas sejam mais conscientes sobre o papel da escola e dos professores em suas vidas.

3 - Autonomia

Como dito no tópico anterior, a autonomia também faz parte do repertório do Dom Bosco. Ajudar a criar uma cultura mais livre e que mostra ao jovem que ele é perfeitamente capaz de realizar atividades de forma autônoma é uma forma de contribuir com a formação de adultos mais confiantes e cientes das suas competências.

Ao assumir a postura de aprendiz, o estudante se torna um elemento pensante que demonstra suas habilidades e dificuldades ao longo do processo de aprendizagem. Diferente do sistema convencional de ensino, em que o professor é o agente principal e simboliza todo o conhecimento em uma sala de aula, enquanto os alunos precisam ouvir e decorar diversas informações.

A autonomia, somada ao sociointeracionismo, que valoriza as experiências dentro e fora da escola, fazem com que o jovem contribua com as aulas também trazendo suas vivências.

4 - Curiosidade

As habilidades comentadas anteriormente contribuem para que a curiosidade dos jovens aumente em relação às disciplinas e, consequentemente, àquilo de que gostam fora do ambiente escolar. Uma pessoa autônoma, que se sente parte de um todo e que tem as suas experiências valorizadas, pode se tornar muito curiosa para aprender mais, e essa habilidade é fundamental para alguém que está numa posição de destaque no processo de aprendizado.

Conclusão

Para se diferenciar e ter uma importância maior na trajetória dos estudantes, uma escola deve também estar preparada para desenvolver outras competências relevantes, e não apenas para atingir o objetivo final de fazê-los passar no vestibular.

É por isso que valorizar o conhecimento deles, colocá-los em posição de destaque e estimular a busca pelo conhecimento se faz tão especial. 

Quer conferir outros artigos sobre o sistema de ensino do Dom Bosco? Então acesse o nosso blog e confira!

Conheça o material complementar do ensino infantil do Dom Bosco

Vantagens do Sistema de Ensino Dom Bosco para sua escola

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO DOM BOSCO

Este website não coleta dados de menores de 12 anos.

agreedAge*
Verify recaptcha to submit form

Ao enviar os dados acima, eu concordo em receber e-mails e mensagens através do WhatsApp do Dom Bosco e outras marcas Pearson. Ver política de privacidade. Ver Política de Privacidade.