TÉCNICA POMODORO AJUDA ESTUDANTES A TEREM MAIS RENDIMENTO NA HORA DE ESTUDAR

TÉCNICA POMODORO AJUDA ESTUDANTES A TEREM MAIS RENDIMENTO NA HORA DE ESTUDAR

É muito comum, principalmente na época do vestibular, que os estudantes se empenhem para organizar tanto conteúdo e não perder o foco na hora de estudar. Não é exclusividade de ninguém ter dificuldade em lidar com a programação dos estudos, mas é preciso tomar cuidado para não se perder e sair prejudicado.

Muitas técnicas são trabalhadas para ajudar os alunos e uma das mais conhecidas é a técnica Pomodoro, que se baseia na ideia de que fluxos de trabalho divididos em blocos podem melhorar a agilidade do cérebro e estimular o foco. O tempo ideal para esses blocos, também conhecidos como “pomodoros”, é de 25 minutos.

A técnica consiste em listar todas as tarefas ou conteúdos pendentes. Deve-se programar um cronômetro ou despertador para 25 minutos, contando a partir de quando iniciou a tarefa. Lembrando que dentro desses período é proibido qualquer atividade que não seja ligada ao estudo, como por exemplo, uma visitinha ao Facebook ou a cozinha.

Após passar os primeiro bloco de 25 minutos, é feita uma pausa de 5 minutos. Nesse intervalo o aluno deve fazer algo para relaxar, como ouvir uma música, fazer um lanche, caminhar, etc. Sem se esquecer de riscar a tarefa que terminou, o aluno pode retomar os estudos por mais um “pomodoro”, ou seja, mais 25 minutos.

A cada quatro “pomodoros”, é importante fazer uma pausa mais longa de 30 minutos e então voltar ao trabalho.

Elaborada no fim da década de 1980, a técnica só se chama Pomodoro (“tomate”, em italiano) porque o criador, o italiano Francesco Cirilo, usou um cronômetro de cozinha com o formato de um tomate para controlar o tempo.

Nem toda regra se aplica a todo mundo, por isso o estudante tem a liberdade de adaptar o método ao que achar melhor. Isso porque uma pausa de cinco minutos pode ser pouco, caso a tarefa tenha exigido muito ou quem sabe, se a pessoa está entusiasmada com o que está fazendo uma pausa pode atrapalhar o seu desempenho.

Fonte: www.guiadoestudante.abril.com.br

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO DOM BOSCO