Como uma vida saudável pode ajudar nos estudos

Como uma vida saudável pode ajudar nos estudos

Veja como algumas mudanças de hábitos na alimentação e a prática de exercícios podem ser importantes para o rendimento nos estudos.

Cuidar da saúde é um requisito básico para que o ano de estudos para o vestibular flua da melhor maneira possível. Mesmo com dias corridos, deixar de se alimentar corretamente e praticar algum exercício poderá custar um tempo precioso. Afinal, sem comida nada funciona corretamente em nosso organismo - principalmente o cérebro. Inclusive, doces e comidas muito gordurosas tendem atrapalhar o rendimento mental. Então, é necessário corrigir alguns hábitos alimentares para aproveitar melhor seu tempo de estudos, ter mais disposição e evitar doenças.

Ingerir alimentos ricos em nutrientes e vitaminas traz inúmeros benefícios para quem estuda, pois ajuda na concentração, aumenta a disposição, ajuda a dormir melhor, a ter uma boa memória e aumento da imunidade – convenhamos, evitar uma gripe, por exemplo, te livra de perder alguns dias de estudos e ter que recuperar o tempo perdido no final de semana.

Falar em vida saudável pode fazer muitos adolescentes pensar em mudanças radicais e privações, mas não dessa forma. O importante é passar a comer alimentos que fazem bem e evitar que as comidas gordurosas sejam sempre o almoço e lanche do dia. Não precisa abrir mão do chocolate, principalmente se for semana de provas em que a ansiedade está a flor da pele, mas procure degustar mais o doce ao invés de comê-lo rapidamente, por exemplo.

A seguir estão algumas dicas práticas para te ajudar a se alimentar melhor e garantir um bom rendimento dos estudos.

Faça no mínimo cinco refeições por dia (comer de 3 em 3 horas intercalando as refeições principais com frutas ou lanches leves);

Beba bastante líquido. No mínimo 1,5 litro ou 8 copos de água, suco de frutas ou água de coco por dia, para manter o organismo hidratado;

Evite o consumo excessivo de bebidas ricas em cafeína, como café, chá, guaraná, etc. Beba, no máximo, 4 xícaras pequenas de café por dia;

Cuidado para não se viciar em produtos estimulantes e energéticos, pois eles prejudicam o organismo e pioram o quadro de ansiedade;

Evite longos períodos de jejum. Não fique muito tempo sem se alimentar para evitar queda na taxa de glicose - que pode causar tontura, suor frio e raciocínio lento;

Carboidratos são a melhor fonte de energia, presente em grande quantidade em massas e pães, ele é o principal combustível para o cérebro, mantendo a força física e mental do organismo;

Complexo B presente em produtos integrais e cereais também é um ótimo estimulante para o cérebro, encontrados em barrinhas de cereais e granola;

Minerais e ácidos graxos presentes em nozes, castanhas, atum e salmão ajudam a manter a memória e a concentração saudáveis;

As frutas, que possuem em abundância vitaminas e minerais, ajudam a manter a força física e mental.

Fonte: vestibular.brasilescola.uol.com.br/dicas/alimentacao.htm
 

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO DOM BOSCO