Como ajudar as crianças a se concentrarem nos estudos?

Como ajudar as crianças a se concentrarem nos estudos?

Conheça algumas dicas para ajudar o seu filho a se manter mais concentrado nas atividades escolares.

As novas gerações são conhecidas por suas habilidades multitarefas. É comum encontrar crianças ou adolescentes que assistem à televisão enquanto conversam com os amigos pelas redes sociais, por exemplo. Para essa nova geração, que muitas vezes já cresceu conectada, concentrar-se em uma única tarefa pode ser um desafio. Nesse post, explicamos qual é a importância da concentração, sobretudo a longo prazo, e também damos dicas para você ajudar o seu filho nessa tarefa. Acompanhe!

Por que a concentração é importante?

A concentração é extremamente importante para um desenvolvimento infantil saudável, já que é uma habilidade fundamental para a apreensão de novos conhecimentos. A Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, afirma que a capacidade de concentração está diretamente ligada às funções cerebrais chamadas de funções executivas. Esses processos mentais são responsáveis pela capacidade que um indivíduo tem de planejar tarefas, recordar instruções e até mesmo realizar mais de uma tarefa ao mesmo tempo, caso exista a necessidade.

Como ajudar as crianças a se concentrarem?

Para que as crianças atinjam um nível de concentração maior, organizando e realizando suas atividades de maneira eficiente, os pais podem ajudar os filhos de diversas maneiras. Confira algumas dicas!

Proporcione o contato com atividades dinâmicas

Seja criativo e procure alternativas para a rotina de estudos do seu filho, como ajudá-lo a encontrar maneiras dinâmicas de rever alguns conteúdos. Vale conferir vídeos educacionais temáticos, adequados à idade das crianças, por exemplo. Para os mais velhos, assistir e comentar documentários que abordem os conteúdos estudados em sala de aula pode ser muito interessante.

Use a tecnologia a seu favor

Ao incentivar o seu filho a buscar alternativas para os seus estudos, não deixe de incluir a tecnologia de forma útil. O mundo digital pode ser um espaço capaz de despertar a curiosidade dos adolescentes e proporcionar o contato com novas e diferentes informações.

O mesmo vale para os videogames. Estabeleça limites e regule o tempo gasto na frente dos jogos, mas ensine o seu filho a perceber como os games podem ajudar a desenvolver habilidades importantes, tais como o raciocínio, a estratégia, a perseverança e a resiliência perante os desafios.

Fale sobre a importância do conhecimento

Durante a infância e a adolescência, pode haver uma percepção um pouco diferente sobre a importância dos estudos. Em um primeiro momento, o ato de estudar pode significar apenas tirar notas boas. Por isso, a família deve estimular a percepção dos jovens sobre o papel e a importância dos estudos, também a médio e longo prazo, bem como reconhecer os seus esforços para obter bons resultados.

Pausas são essenciais

Muitas vezes, até os adultos sentem dificuldade para se dedicar a uma mesma tarefa durante um longo período de tempo. A atenção costuma seguir um tipo de curva e, por isso, tende a crescer e cair com o passar do tempo. Dessa forma, os pais podem convidar os filhos para pequenos intervalos de descanso, organizando um lanche ou apenas sugerindo que ele se levante, alongue o corpo e tome um copo d’água.

Mantenha silêncio no local de estudos

Manter a concentração em uma atividade em um ambiente recheado de estímulos e com muito barulho não é fácil, e para as crianças, tais obstáculos podem ser ainda maiores. Em casa, uma solução interessante é organizar um cantinho de estudos confortável e longe das distrações, como ruídos excessivos, a televisão, o computador ou a presença de muitas pessoas.

Estabeleça uma rotina

Assim como explorar a importância do conhecimento, é muito interessante ajudar o seu filho a perceber como pode ser prazeroso aprender um pouquinho todos os dias, não deixando a matéria acumular. O hábito de estudar sempre à tarde ou de manhã, por exemplo, ajuda o cérebro a entrar no ritmo. Por isso, uma rotina de estudos em casa pode ser extremamente positiva, ajudando o seu filho a se concentrar nas tarefas escolares para casa, por exemplo.

Esteja atento à alimentação

A dieta tem uma relação direta com o nosso humor. Comportamentos como inquietação, irritabilidade e falta de concentração podem estar relacionados à alimentação. Nesse caso, é fundamental que a família esteja atenta e proporcione para as crianças e adolescentes uma dieta saudável, de preferência com ingredientes frescos, naturais e uma grande variedade de sabores e nutrientes.

Incentive a prática de esportes e exercício físico

A princípio, a prática de exercício físico é uma ótima oportunidade para gastar a  energia que as crianças e adolescentes têm. Porém, além disso, as atividades físicas são importantes para o cérebro e a saúde mental. Dessa forma, é interessante incentivar a prática regular de esportes, sempre valorizando a escolha de uma modalidade com a qual o seu filho sinta-se à vontade e motivado.

Alguns pequenos hábitos podem fazer a diferença para que as crianças e os adolescentes desenvolvam maior concentração nos estudos, progredindo em suas habilidades aos poucos. Não deixe de incentivá-los e tenha sempre em mente que a atenção é um processo, não apenas uma tarefa que deve ser cumprida!

FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES DO DOM BOSCO